fundo parallax

Redobrando os cuidados com os olhos

 

Graças a uma série de medidas de prevenção de acidentes, o número de traumas oculares vem caindo a cada ano.


A partir do momento em que a indústria automobilística passou a oferecer veículos dotados de vidros laminados e cintos de segurança, muitos olhos foram salvos de ferimentos perfurantes, bastante comuns nas décadas de 1960 e 1970.

Também a indústria de bebidas gaseificadas, ao trocar as antigas tampinhas (que se abriam com abridores especiais) por tampinhas dotadas de roscas, colaborou enormemente para a redução de graves acidentes oculares nestes últimos anos. Não era raro, ao colocar uma garrafa de cerveja ou refrigerante sobre a mesa, a tampa se desprender e atingir violentamente o globo ocular, traumatizando-o de forma irrecuperável.

A disseminação de óculos especiais em ambientes de trabalho, também redundou numa redução significativa de trauma ocular. Infelizmente o uso de protetores oculares adequados ainda não se generalizou, como deveria ter ocorrido, no ambiente da prática de esportes. Talvez pela dificuldade em se lidar com tais óculos, ainda se verificam acidentes graves principalmente nos jogos de tênis. Uma bolada sobre um dos olhos pode provocar desde sangramento dentro dele, até luxação do cristalino para a camara anterior ou para o vítreo e, em casos dramáticos, descolamento de retina.

A indústria desenvolveu lentes oftálmicas impacto-resistentes que contribuem para a proteção dos olhos, impedindo a quebra fácil de tais lentes e, eventual, penetração de cacos de vidro dentro dos olhos. Devem ser usadas por qualquer profissional que lide com a possibilidade de ter o olho impactado por algum elemento estranho em seu ambiente de trabalho e por crianças. Um alerta extra deve ser dado aos pais:


Evitem que crianças pequenas brinquem com objetos pontiagudos como tesouras, facas, garfos, canetas, sem a devida total atenção deles. Como estas crianças ainda não desenvolveram plenamente a sua capacidade motora, um descuido dos pais pode permitir que tais objetos alcancem os olhos de seus filhos, provocando sérios acidentes intraoculares.